Ser romântico hoje em dia é defeito

Publicado: 30/07/2010 em Uncategorized

Por mais que eu quisesse, e por mais tentadora que a proposta possa parecer, eu não posso medir o mundo conforme a minha medida….

Não posso esperar um telefonema que só eu daria… ou um carinho que só eu faria… ou um beijo na hora certa.

E por ser assim, eu acabo pagando um preço bastante alto… porque me decepciono quando espero uma determinada reação de certa pessoa e ela não a concretiza.

Já fui muito pior, claro. Hoje já não espero mais tanto. O máximo que espero é fazer uma boa amizade. O que rolar além disso, é lucro.

Mas o fato é que alguns valores se inverteram no mundo atual, e por causa disso eu tive que me inverter, envergar, me quebrar e refazer de novo também.

Já notaram como o que antes era chamado romantismo, hoje foi sarcasticamente taxado como “grudentismo”? Bom, para quem não conhece, o grudentismo é um movimento encabeçado por todos os chicletes [no meu caso, mini-chicletes! hahahah].

Para ser taxado como chiclete, basta que você se considere romântico. Simples assim.

Gosta de telefonar para o seu namorado para dizer que se lembrou dele e ficou com saudades? Chiclete!

Gosta de passar a noite dormindo agarrado? Chiclete!

Gosta de ficar de mãos dadas, ou pelo menos encostar um pouquinho mais a perna, ou ainda fazer um carinho sempre que tem oportunidade? Chiclete!

Gosta de beijar muito [essa é nova para mim, soube agora há pouco]? Chiclete você, hein???!

É mais ou menos por aí… Na verdade, eu acho que esse lance é coisa de gente mal amada, saca? Aquele povo que nunca amou de verdade, nunca sentiu aquele calafrio só de pensar na pessoa amada… Talvez eles só não saibam o que é, de fato, estar apaixonado por alguém.

Obviamente, ninguém gosta de um cara efetivamente chicletão. Mas o que seria uma pessoa assim? Simples definir também: alguém que manda 37 torpedos por dia para você, ou que te liga 8 vezes por dia, ou que tem o péssimo hábito de aparecer em locais que você está e não faz a menor idéia de que a pessoa vá aparecer, mas mesmo assim, ela aparece! [isso merece: inferno, angústia!].

Por essas e por outras, meus caros, que eu e minha mão estamos nos conhecendo mais a fundo ultimamente… e sinceramente, é o melhor sexo que eu já tive nos últimos tempos! Se eu soubesse que era tão bom, teria começado muuuuito antes!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s