Ano Novo, Vida Nova… Há controvérsias!

Publicado: 31/12/2010 em Uncategorized

Olha só… parou a palhaçada de ficar achando que o zeramento de um cronômetro é capaz de transformar a vida, o mundo, as pessoas. No máximo, a ‘virada’ é capaz de mudar as intenções na cabeça das pessoas… Realizá-las é outra história.

Mais uma vez, não quero bancar aqui o pessimista [embora seja marca registrada já]. Mas a questão é que as pessoas se iludem demais, e não quero fazer parte desse bolo.

A verdade, como se pode comprovar a cada ano, é que um novo ano não passa de um novo exercício fiscal, um novo lapso temporal, um ano a menos no seu tempo de vida.

O Jornal da Globo [marca registrada] acaba de declarar: “Chegou a vez dos pobres e dos emergentes […]”. Oh, come on!!! Qual é exatamente o produto que querem te fazer descer garganta a baixo, dessa vez???? Sinceramente, a sua garganta ainda deveria estar dolorida por ter engolido o tal ‘papai’ noel… E como se não bastasse, agora vem essa onda de ‘otimismo com data de validade’.

Eu acho salutar fazer planos para um período [um ano, um mês, um dia, ou mesmo uma tarde]. Não há nada de mau em planejar a vida, aliás, acho que ela é até mais fácil quando se planeja. O que não dá é fazer aquela maldita promessa de fim de ano que nunca se verifica no ano seguinte, como ‘perder 10 quilos’, por exemplo.

Talvez o problema, mais uma vez, esteja comigo mesmo. Mas é que não vejo diferença entre a zero hora do dia 1.º de janeiro ou qualquer hora de qualquer outro dia do ano. Se se comemorasse o ano novo entre às 23h59 do dia 23 de outubro [meu niver, rs] e a zero hora do dia seguinte, não daria na mesma? Acompanhe o raciocínio: 363 dias separam o dia 1.º de janeiro do dia 31 de dezembro, da mesma forma que separam o dia 23/10 do dia 22/10. Então, qual a diferença??

Qual a saída então?

Não faça promessas e nem faça planos mirabolantes só porque é “Ano Novo”.

O ano, assim como o mês e a semana, é novo a cada novo dia.

Tem uma frase cujo autor eu não me lembro agora que diz que ‘o maior espetáculo da terra acontece todos os dias’, referindo-se ao nascer [ou pôr-] do sol. E é verdade! Sinta que a cada dia é feita uma nova aliança, pois a cada nascer do sol começa um novo ano. E a hora de fazer planos, de cumprir promessas, se renova com o novo dia.

Então, ‘bora parar de hipocrisia!

Aqui na minha casa, como de costume, não há nada preparado para este dia, que de especial não tem nada que qualquer um dos outros 364 não tiveram.

Anúncios
comentários
  1. Van disse:

    Ok ! Leco ! Concordo plenamente em gênero , número e grau com o que você disse e mais ainda, acredito que o Ano Novo deve ser comemorado todos os dias, porque todos os dias, ao amanhecer temos a oportunidade de criarmos nossas perspectivas e oportunidades. Um novo dia começa e sempre termina e é possível fazermos tudo diferente e não apenas hoje 31/12 ou amanhã 01/01. Todos os dias durante todos os meses a oportunidade se faz. Então, busquemos nossos ideais e vamos à luta, porque o tempo não pára e a vida segue sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s