Lidar com gente doida é foda

Publicado: 17/07/2011 em Uncategorized

Eu preciso tirar essas ideias macabras da minha cabeça antes que eu mate alguém na segunda-feira… Está ficando cada vez mais complicado manter relações diplomáticas com pessoas loucas.

Eu não estou falando de louco bonitinho, não. Estou falando de gente maluca mesmo, que não está conectada a esse plano de existência. Eu [acho que] sou aquele tipo de doido bonitinho, que não machuca ninguém [porque mantenho minha loucura na minha cabeça, ou no blog]. Mas tem muita gente maluca perdida por aí.

Uma das situações que mais me atormentam são excesso e divergência de requests. Só que no meu universo, ‘in dubio’ nunca é igual a ‘pro reo’ [no caso, eu]. Resumindo, eu to cansado de me ferrar! Sabe aquele bordão: “Tinha que ser o Chaves, mesmo!”? Pois bem, hoje eu me sinto como a ‘bola da vez’ para tudo o que dá errado.

Puta-que-pariu!

Se alguma coisa que eu invento dá certo, o crédito não é meu. Mas se algo dá errado… Pior que isso, eu odeio prejulgamentos! E isso é o que mais fazem comigo! Se eu visto uma meia vermelha, ou se esqueço de colocar a camisa azul, pelo amor de Deus! Não tem nenhum significado nisso! Eu posso, como qualquer pessoa normal, ter me esquecido que a camisa preta não combina com a calça azul, ou que a meia vermelha não é adequada para mim! Nem sempre existe um propósito cruel de destruição ou dominação mundial só porque eu faço ou deixo de fazer alguma coisa!

E sabe o que é engraçado? Se a mesma atitude [ou falta dela] é tomada por alguém que está no mesmo ‘nível’ que eu, a [in]ação é simplesmente ignorada. Daí surgem duas deduções: 1) ou eu sou tão foda, tão bom, tão gostoso, tão maneiro, que a ‘mídia’ fica em cima o tempo todo e por isso não posso sair da linha; 2) ou eu sou um fudido que só leva na cabeça por qualquer coisa que faça mesmo!

Acho que a segunda hipótese é a mais válida!

A verdade é que eu cansei de ser chamado à atenção por nada; cansei de ser culpado de coisas que todo mundo faz, mas só quando eu faço é que chama a atenção; cansei de ser o estandarte daqueles inúteis, medrosos, que não querem defender determinada posição… cansei de levar na cara por causa de vocês; cansei de me submeter, nas palavras de Silvio Santos, à “eletricidade vinda de baixo” de vocês, bem comum nas mulheres loucas; cansei de ser tratado como filho por pessoas que eu não quero que sejam minhas mães nem nesta, muito menos nas próximas dez milhões de encarnações [aliás, eu devo ter feito muito mal a vocês em outra vida para merecer ficar tão perto nesta]; cansei de ser o bom moço, aquele que sempre vai concordar com tudo o que vocês disserem; cansei de ser aquele que vai dar opinião mais sensata, porém, a primeira a ser ignorada…

E é por isso que eu vou embora da vida de vocês, para começar, tarde, eu reconheço, a viver a minha própria vida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s